domingo, junho 04, 2006

Falar e depois talvez pensar


Visto que estudos de carácter rigoroso e científico nos mostram que as mulheres falam e só depois pensam, torna-se óbvia a sua inaptidão para o exercício do cargo político.
Ora quem não deve ter ficado indiferente a esse estudo foi o PR Aníbal que de forma misericordiosa vetou a injusta lei da paridade.

P.S. Quem duvida da evidência científica, é favor ver o vídeo que se encontra abaixo deste post.

P.S.2 Para quem não me conhece, não quer conhecer ou não foi capaz de descortinar a ironia que parecia evidente no amontoado de barbaridades que eu disse aqui fica o link aonde eu digo o que verdadeiramente penso sobre a matéria.

P.S.3 Queria também fazer uma "menção honrosa" ao PCP que através da voz de Jerónimo Sousa mostrou que consegue ser tão conservador como a nossa admirável direita (nem toda claro). Aliás às vezes os extremos tocam-se e quando se tocam não sai coisa bonita...

8 comentários:

inês. disse...

brinca, brinca... (não passará por aqui alguém que acredite nestes "preciosos" estudos, não?)

João Dias disse...

Olha, Inês, tens razão...já recebi acusações a propósito deste post, por isso vou deixar um link para um post que fiz que fala da matéria e traduz o meu verdadeiro pensamento.

inês. disse...

não era bem uma crítica. aliás, o o nome do blogue inidica o uso da ironia. no entanto, acredito que muito boa gente acreditará nestas "coisas".

e, mais uma vez, obrigada pelo comentário lá no meu sítio.

Joana Dias disse...

Acho que há coisas que uma pessoa nem devia dar "trela". Falar em criaturas que "pensam" desta forma é dar-lhes alguma importância (por mais pequena que seja).
Para mim, às vezes, o melhor que temos a fazer perante seres irracionais que apresentam tais ideias é não lhes dar qualquer tipo de espaço...
nenhum mesmo.
Deve ser coincidência, mas ainda hoje estive a ver o "TODA A VERDADE" sobre casamentos forçados em algumas comunidades islâmicas e sinceramente...
já não há pachorra para tanta ignorância e, SOBRETUDO, sacanice.
Eu conheço-te, João! Não te preocupes! Só acho que às vezes te esqueces um bocadinho do que já disseste.
Beijos

P.S. Estuda!

João Dias disse...

Inês:
Nem que fosse uma crítica era bem aceite, porque de facto pode haver pessoas que achem estas barbaridades evidências do quotidiano.
No país dos brandos costumes foi uma atitude muito desprevenida a minha.

Joana:
Não me esqueço do que digo, tu eventualmente é que podes descontextualizar o que eu digo.

P.S. Trabalha

Joana Dias disse...

Trabalha tu! Que eu já trabalhei e não tenho culpa que ninguém queira que eu trabalhe tão cedo.
Já tu...
...tens escolha!
Quanto ao resto... leva lá a bicicleta!

Anónimo disse...

Very pretty design! Keep up the good work. Thanks.
»

Anónimo disse...

I find some information here.