quinta-feira, abril 06, 2006

Perguntas pertinentes


As meias são iguais ou são simétricas?

4 comentários:

Roteia disse...

Caro João Dias:
Eis uma pergunta de difícil resposta. Atrevo-me a dizer que nem iguais nem simétricas.
Nem iguais:
porque a igualdade é uma abstracção matemática, ou seja, talvez se deva admitir no campo das coisas materiais apenas semelhanças (ou diferenças).
Nem simétricas:
porque a simetria implica posições relativas num determinado espaço; assim as meias serão simétricas ou não quando utilizadas.
E agora, qual a tua solução para este dilema?

João Dias disse...

Roteia:
Dá-me gozo fazer perguntas para as quais não tenho resposta concreta e tenho sim apenas algumas conjecturas e principalmente perguntas que eu sei que vão dar respostas variadissímas.
Além disso pensar em coisas que normalmente não pensamos, além disso a questão da igualdade e da simetria podem gerar alguma confusão...daí a pergunta.

Assim sendo a tua resposta é correcta porque não é definitiva e porque jogas com o que sabes(se falasses com alguém menos relativista que eu, dizia-te logo que estavas errado).
Foste capaz de quebrar o condicionamento que eu "impus" de ser X ou Y e propuseste que nem fosse X nem Y.

As tuas considerações estão correctas, em termos reais e microscópicos duas meias muito dificilmente serão iguais e se o forem será obra do acaso, mas se reparares o argumento que usas para refutar a igualdade serve também para refutar a simetria.
No entanto isto pode-nos levar a pensar quais seriam as meias perfeitas para os pés perfeitos?
Seriam simétricas, não é?
Mais, se não forem simétricas, então não existe uma meia para o pé esquerdo e outra para o direito.


:-p

Roteia disse...

Ah, seu malandrão...! com que então não tens a resposta feita?
Então acrescento: A simetria - se excluirmos factores simbólicos, filosóficos e outros - é um elemento de composição espacial. Vai daí, se pensarmos num rectângulo de papel, as possibilidades de realizar simetrias apenas com dois objectos são inúmeraveis.
Penso que não é possível dissociar a simetria de um determinado espaço de aplicação/experimentação.
Se pegarmos em factores simbólicos, por exemplo a simetria nas relações humanas, estas dependem da posição relativa quedeterminadas pessoas ocupam entre si, no espaço relacional.

Eis como as meias se transformam em ideias. E agora João?

João Dias disse...

Malandrão???
Então eu deixo a questão em aberto e ainda sou malandro???
:-)

Não tenho resposta para muita coisa e sinceramente às vezes é mais sensato absorvermos a complexidade das coisas e admitir que conhecemos parte do que simplificar as coisas para podermos dizer ao "mundo" que afinal sabemos tudo.

Não estou em desacordo com o que tu dizes, apenas peço que repares que tanto tu como eu, passados quatro bitaites ainda não tomamos posição definitiva sobre o problema...
E não estou a fazer uma avaliação negativa desse facto.